domingo, 31 de julho de 2016

Video-Palestra; Drogas, Machismo e Proibicionismo


Olá a todos os amigos, pacientes e leitores;

Aqui estamos para a realização do 4º post do mês de julho de 2016 que tem a missão de informar e compartilhar conhecimento. 


Depois de uma temporada de viagem entre as regiões de Galícia na Espanha e Norte de Portugal, estamos de volta a Barcelona para a realização dos trabalhos que nos são designados.

E o tema da vídeo-palestra de nosso canal no youtube que hoje estamos aqui para divulgar, dessa vez é; 






Drogas, Machismo e Proibicionismo, que são temas chave para entender a agenda esotérica e mentalidade perversa, machista, desesperada e grosseira por detrás do golpe no governo e na presidenta eleita do Brasil.




Do ponto de vista energético e vibratório o Golpe jamais seria possível num país que não tivesse uma Meca de Ilusão plantando sementes de lixo psíquico na mente e campos de consciência da População. Hoje esse lixo e sua produção foram dinamizados e incrementados através do lixo neopentecostal religisoso, somado ao erotismo-católico que já era a plástica da rede globo.

O Golpe em verdade não é apenas do machismo contra a liberação e igualdade entre genêros, justiça aos Pobres, acessibilidade para todos e etc. Mas é o Golpe da esperteza contra a burrice de quem se achava "do-bem". 

Um golpe na preguiça de quem ao invés de construir um país, ficou fofocando com seus iguais e construindo muros para com os "diferentes", sendo programado e agora responde segundo essa programação. 

O Golpe não é das Elites ou de Michel Temmer, mais que é da rede globo e uma tentativa desastrosa e desesperada por parte das aristocracias brasileiras de devolver o País a era das sombras, na contra mão de todos os avanços sociais da história que estão hoje em todo mundo. 

Se existe algo que eu considero, aliás sempre considerei bizarro e ridiculo é a mentalidade do Pobre e do favelado, assim como do Burguês racista preconceituoso, ambas modeladas segundo a programação estética, dramaturgica e teleperiódica da rede globo.

Uma espécie de IA (Inteligência artificial) parece atuar através da grade da rede globo na intenção de manter o Brasileiro médio burro e confuso. 

A crença de que "um Juíz" ou qualquer velho moralista de gravata, pode ser o "herói-da-classe-média" e manter sua "paz-regada-a-sangue", passando por cima da verdade, da história, dos fatos e escondendo a corrupção do outro lado (PSDB) só é possível graças ao estímulo criado pelo "Herói" x "Vilão" que vai embutido em cada uma das histórias e enrredos da Matrix seja de jornalismo, seja de dramaturgia. 



O que tudo leva a crer é que veremos um final messiânico onde a presidenta voltará a seu posto e por primeira vez criminosos de alta periculosidade serão presos de forma global, revelando a atuação de uma Kaballah mafiosa e maçônica, que protege pedófilos e psicopatas que vão desde senadores traficantes de drogas, até juízecos de 1ª instâncias que se crêem "heróis" sendo apenas escravos psíquicos da causa sionista, que tem sua república particular-nazi em cidades como Curitiba. 

Essas prisões massivas não serão anunciadas antes de serem feitas e deverão abranger esquemas de corrupção e pedofília que funcionam de maneira global, servindo de exemplo para o resto do mundo, no que tange a ação das sociedades secretas satanistas. Do ponto de vista da vingança e justiça que melhor brinquedo você pode dar a um psicopata, do que o papel de justiceiro que está limpando a sociedade, enquanto se esconde dessa, as custas de criar um personagem que será o herói de uns poucos e vilão de muitos?

Vale lembrar que; Enquanto um país se contenta em ser arquibancada torcedora do processo fraudulento do impeachment, como o faz com o futebol aceitando torcer sem atuar em campo, outras agendas esotéricas mais profundas tanto progressivas como regressivas são levadas a cabo. 

Do ponto de vista da reciclagem álmica, o Brasil é o único terreno onde as entidades que se alimentam da burrice e da crença de quem tem religião, podem seguir atuando.



Uma vez que o sistema financeiro deverá ser resetado, todas as dívidas serão perdoadas e o dinheiro roubado seja por Temmer e sua gang de plutocratas, seja pelos Rothschild e senhores da Guerra; devolvido e redistribuido, toda estrutura da matrix de controle cairá dentro de pouco tempo e é por isso que estruturas como a rede globo, instituto millenium entre outras, não polparam esforços, nem se opuseram a atuar através de grosseiras mentiras como o Impeachment, na intenção de seguir governando. 






"Juíz" que constrange toda a classe de magistrados, ao  receber
"prêmio" de uma empresa de comunicação
que deve 600 milhões de reais em impostos, patrocina e capitanea o GOLPE!
Eles colherão os resultados da própria mentira enquanto se preparam para uma Guerra, que não está controlada por Eles, mas por estruturas do cinturão fotônico. Estão sendo usados e não fazem ideia do quanto são fantoches.

Serão envergonhados e constrangido dentro de pouco tempo e de forma que o mundo inteiro entenda e escute, como já está acontecendo através das notícias que surgem a cada dia sobre os fiascos na Vila Olimpica. Trata-se de um laboratório social, para expor as corrupções em altos níveis mundiais que sempre exisitram ao longo da historia e uma vez dentro do cinturão fotônico, acabarão. Desde a CBF até o vaticano, desde os Wikileaks até o Helicoca, todos serão expostos e pagarão dentro das leis vigentes dos países e crimes que cometeram.


Para que isso seja possível é preciso ter o quadro de crise necessário onde os otários atuem de maneira a deixarem sua corrupção registrada, como aconteceu essa semana, com o senador Romero Jucá que foi proibido de ir aos EUA por estar sendo investigado na Lava-Jato. A arrogância e certeza da impunidade que sempre manteve o inimigo e está ali plasmado no olhar calmo desses senhores velhos, pedófilos e machistas, será o grande trunfo daqueles que arquitetam sua bancarrota. 

Não poderia haver melhor quadro de corrupção do que esse que temos hoje; Temmer na presidência tentando fazer o Brasil voltar a era estética e financeira do tempo em que Hans Doner fazia vinhetas e lançava tendências enquanto os pobres se contentavam em imitar o galã e a estrela da novela.

Uma presidenta eleita democraticamente foi derrubada por um bando de evangélicos novos ricos, unidos a velhos industriais que nunca pagaram e que não querem pagar o que devem e sao seus impostos, pois isso os levará a falência. Se a rede globo não fechar, será tranformada em rede estatal para pagar o que deve e isso é algo que o clá dos Marinho não está disposto a aceitar. 

Uma máquina de "culpa" via publicidade foi criada para estimular valores medievais tanto quanto distorcer toda informação possível referente aos verdadeiros culpados pelas mazelas sociais, que estão no industrialismo, de forma a passar toda responsabilidade as pessoas ordinárias. 

Enquanto a indústria suborna políticos para poder roubar recursos livremente, para logo vender esses como bens de consumo, como exemplo água mineral engarrafada em recipientes plásticos, o sistema de jornalismo faz matérias sobre o "tempo" que as pessoas levam no banho para impor a elas a economia forçada da água que em verdade não é gasta de forma irresponsável pelo individuos, mas pelas empresas e corporações que nos roubam e vendem os recursos que não deveriam ter donos pois se trata de algo que a natureza está fornecendo para todos. 


Toda essa desinformação não teria êxito se não tivessemos os valores messiânicos judaizantes do cristianismo plasmados por detrás de nossa educação racista e divisora, homofóbica e perversa.

A raíz e núcleo central de tudo o que está acontecendo hoje no Brasil não é a ideologia política entre diferentes partidos mas o resultado de décadas de culto secreto a todo e qualquer tipo de drogas e isso inclui comidas, costumes, crenças e o respeito a certos personagens e pessoas, assim como o culto que levamos embutidos em cada ato de nossa existência e que nos perpetua através de um sistema de machismo e proibicionismo.

No vídeo apresentado aqui hoje, fazemos algumas crônicas, análises e comparações sobre esses e outros fatos.

Espero que assistam, e compartilhem.

Muito obrigado a todos e até o próximo post,
Namastê

Ruy Mendes - julho de 2016

domingo, 24 de julho de 2016

Shitauris - História dos Reptilianos em África - Credo Mutwa: o Shaman



Saudações Lusitanas queridos Amigos, pacientes e leitores;


Hoje o nosso post está sendo confeccionado direto da cidade Antiga, mui Nobre, sempre Leal e Invicta; do Porto, no Norte de Portugal. Segunda cidade mais importante do país, há mais ou menos 3 horas de trem da cidade de Vigo que está em Galícia, Espanha e de onde fizemos o ultimo post sobre Ayurveda, antes desse e de onde venho de viagem, passeando, conhecendo, medicando, tocando música, cantando, instruindo e mais que tudo orientando os Humanos do planeta Terra que já perceberam que, não são seus corpos físicos mas apenas estão nesses e que são consciências e essas se encontram em franco estado de transição planetária, energética, vibratória e acima de tudo, fotônica.






No post de hoje vocês conhecerão a Credo Mutwa, um Shaman, Mago, Médico, Curandeiro e Sábio, da tribu Zulu na África do Sul, que nos conta informações interessantissimas a respeito da cultura e da agenda reptiliana para o planeta Terra e as lendas que as confirmam e explicam desde tempos imemoriais, em diferentes tribos daquela região do globo.




Abaixo vocês tem informações traduzidas de um site, não oficial, sobre a biografia de Credo no Planeta Terra; 

Credo Mutwa Vusamazulu, nascido em 21 de Julho de 1921 em KwaZulu-Natal, África do Sul é um Zulu Sangoma (tradicional) e alta Sanusi, curandeiro.






Ele é bem conhecido e respeitado por seu trabalho na conservação da natureza e como autor de livros considerados "revolucionários" na mitologia africana e crenças espirituais.

Alguns de seus trabalhos o levou a ser marginalizado por colegas da Sangoma ou curandeiros tradicionais e até mesmo a maior comunidade africana na África do Sul.

No Início da vida, seu pai era um viúvo com três filhos sobreviventes quando ele se encontrou com sua mãe. Seu pai era um construtor e um cristão e a sua mãe era uma jovem rapariga Zulu.

Apanhado entre missionários católicos de um lado e um teimoso velho guerreiro Zulu, seu avô materno, seus pais não tinham qualquer outra escolha senão para separar.

Credo Mutwa nasceu fora do casamento que causou um grande escândalo na aldeia e sua mãe foi expulsa por seu pai. Mais tarde ela foi tomada por uma de suas tias. Ele foi posteriormente levantadas pelo irmão de seu pai e foi levado para a costa sul de Natal, perto da margem norte do Rio Umkumazi. Ele não frequentou a escola até os seus 14 anos.

Em 1935, seu pai havia encontrado trabalho em um prédio na antiga província do Transvaal e toda a família transferiu-se para lá. Em 1937 ele experimentou um grande choque e trauma quando ele foi preso e sodomizado, por um bando de mineiros fora de uma mina de metais compostos.

Após este episódio, estava Credo doente durante um longo período de tempo. Onde Doutores cristãos tinham falhado, seu avô, um homem a quem seu pai sempre havia desprezado como "adorador de demônios", ajudou a ele de volta para a saúde.

Nesta altura da vida, Credo começou a questionar muitas das coisas sobre seu povo assim como os missionários nos quais eles acreditam.


pintura credo mutwa


"Nós Africanos somos realmente uma corrida de primitivos que não possuem conhecimentos, desde antes de que o homem branco veio para África?" perguntou a si mesmo.

Seu avô incutiu nele a crença de que sua doença era um sinal sagrado que ele estava para se tornar um xamã, curandeiro. Ele foi submetido a iniciação de uma das filhas de seu avô, Sangoma jovem chamado Myrna.

Citação de Credo Mutwa: "Gostaria de apelar ao mundo. Em primeiro lugar, eu não sou um charlatão ou um sensacionalista. Eu sou um homem velho que tem visto muito. Eu desejo que o mundo saiba que há um leve raio de esperança que emana da África do Sul ".

pintura credo mutwa




É curioso que; Eu mesmo Ruy Mendes, Médico Animósico, Archkônte-mór da Casa Real Sagrada de Sírius Grey-e-Alpha, além de Conector Atemporal do Grupo de Sábios e Guardador da Psiqué-Humana e Galáctica, anos antes de saber o que Sou e de imaginar que estaria fazendo tudo o que hoje faço, tenha tido como minha primeira experiência imigrante (frustrada) viver e estudar durante alguns meses na África do Sul, na Cidade do Cabo. 

Naquela Época eu era um DJ que queria abandonar o trabalho na noite para dedicar-me a ser Professor de Yoga e com a profunda crença arraigada de que; Sempre seria necessário ter um trabalho principal para fazer dinheiro, para somente assim poder realizar minha verdadeira vocação e vontade como meros "Hobbys". 

Nota-se que a grande maioria das pessoas que tem a idade que tinha naquela época (26 anos), seguem baixo as mesmas crenças e estímulos baseado em medos, dúvidas, aflições e receios a respeito de tudo o que esperam de si mesmo e como pretendem construir suas realidades e futuro. 

Vale dizer que essas crenças e afirmações que povoam nossas mentes, foram criadas e são gerenciadas, primeiramente por uma mentalidade religiosa, que nos obriga a adorar o "deus-criador" 07 dias por semana e alimentar energias de CULPA e "gratidão" por algo que nao se sabe mas "acredita". Logo, essa mentalidade religiosa se transformou em algo hierárquico e profundamente corporativo, que é o que mantém as pessoas vendendo o que tem de mais precioso (tempo) a câmbio do que existe de mais limitante que é o ócio e o dinheiro. 

Graças a essas crenças ancestrais em nossos campos psíquicos plasmadas e perpetuadas, seja através da religião antiga que nos ensina a crer em "deuses" seja através das novas religiões que nos ensinam a crer em "dinheiro", não nos permitimos desenvolver senso crítico e sair da infância, possibilitando assim que a humanidade fôsse aprisionada no materialismo, que é o que de fato representa a principal doença matrixiana da velha e nova Era, seja no que tangem aos Deuses, seja no que tangem aos Homens.





Quando fui a África do Sul, havia acabado de deixar minha adolescència espiritual para adentrar uma fase mais madura e minhas pretenssões eram humildes, limitadas, bastante claras e objetivas como; Aprender inglês, para logo ir a Índia aperfeiçoar a Yoga e conseguir um certificado de professor de Yoga expedido por alguma escola da Índia, como assim foi feito. ainda faltavam 02 anos para conseguir chegar em Ibiza e ter a revelação que faria de mim o Médico Animósico. Estar ali enquanto fazia turismo e me envolvia com a realidade de estudantes de classe média e alta de outros estados do Brasil que não SP e RJ, me permitiu realizar o básico do que seriam as reciclagens álmicas e assim pude entrar em contato com as psicosferas que hoje me ajudam a Ler Auras e energias e compreender melhor a biografia turística ou escrava, da Alma encarnada em questão, quando essa decide ser meu paciente e adqurir os serviços de nossa casa real sagrada através de A.U.R.A. 

Cheguei inclusive a trabalhar como garçom durante uma semana na intenção de deixar-me absorver pela cultura e assim aprender mais e melhor o inglês mas foi uma doce ilusão. 

Apesar de toda a "propaganda a la Mandela", que consumimos pela TV e Imprensa desde a década de 1990 e os progressos cívicos constatados naquela região do Planeta, o Aparthaid que sempre os dividiu em "Colors", "Blackers" and "Whiters", segue vivo e alimentado, em cada um daqueles corações.





Quem Sabe foi ali na áfrica do Sul e cidade do Cabo que pela primeira vez tive dúvidas e comecei a perceber que o que as pessoas estavam vivendo e fazendo em 3D muitas vezes não tinha nada haver, ou era o oposto, ou ainda mentira, em comparação com as energias e frequências que se podia ler em cada pele, em cada olho, em cada aura e biografia quirológica. Foi também na África do Sul onde tive minhas experièncias de projeção Astral e lucidez extrafísica mais impressionantes.

Meus planos de estar ali por 1 ano estudando inglês para logo ir a Índia estudar Yoga, foram frustrados e em torno de 03 meses desisti de estar ali. Ir a Índia na sequência seria inviável uma vez que era clima de monções e apenas chovia. 

Lions Head Mountain

A cela onde Mandela viveu por 30 anos no Presidio de Robbin Islands

Babuínos ancestrais


Todas essas frutraçções de golpe, me fizeram trabalhar a humildade de maneira forçada, voltando pro Brasil com um sentimento de humilhação por não conseguir completar meus planos, mas não sem reagir ante esse sentimento. 


Ao voltar ao Brasil, estive trabalhando de maneira agressiva como DJ e Músico, além de massagista, na cidade de Búzios até conseguir juntar o dinheiro que me levaria a Índia e escrever a página de minha história que ali foi escrita.

Jovens estudantes de Nova Delhi

Sadhu Acordando e Espreguiçando em Benares 

Shara´s ou Ganja

O Olhar Penetrante de um Yogue


Quando quiserem entender o cosmos, o espaço, a vida fora da matéria ou até mesmos a existência dos reptilianos, lembre-se que a Matéria é apenas uma pequena fração disso que chamamos realidade. Quando quiser entender as coisas e a Verdade, não pense em nada que seja material mas conecte-se com vibrações, energías e frequências pois é delas que toda a Obra criada em nossa galáxia está feita. Jamais em hipótese alguma subestimem nossas necessidades de ESTUDAR e mais que tudo compreender a História, tanto de nossa alma como a história oficial 3D, através da qual, situamos nossa realidade evolutiva ante a Matrix, definindo assim se seremos escravos ou servido, por essa.

Espero que gostem do documentário, assistam e compartam, queridos Amigos;

Um grande Abraço a todos e até o próximo texto;

namastê

Ruy Mendes - julho de 2016


sexta-feira, 15 de julho de 2016

Ayurveda - A Arte de Viver



Saudações Celtíberas a todos os nossos Amigos, pacientes e Leitores.



O post de hoje está sendo escrito e produzido diretamente da cidade de Vigo, região da Galícia, no noroeste de Espanha uma vez que Ruy Mendes, Grupo de Sábios e Nossa Casa Real Sagrada estão em Missão Especial esse Mês nas regiões que compreendem o sul de Espanha, algumas Ilhas e a região doNorte de Portugal. 




Através das Sabedorias Milenares com as quais trabalhamos, somada a Medicina Energética e Anímica como sempre e agora de novo com a Música, pretendemos ir nos  Lugares onde a cultura Reptiliana transformou os seres humanos no que são hoje. 







Obviamente que o Leitor deve estar se perguntando, mas o que tem isso a ver com o tema do Post, que fala sobre o documentário; Ayuerveda, A Arte de Viver e do ponto de vista medicinal terapêutico, se não fôsse as culturas materialistas, patriarcais e religiosas-machistas, que transformaram a Medicina em mero arteluxo de magos negros, pedófilos e psicopatas, jamais a Espanha e seus habitantes, seriam o Humbral da Babilônia e ou a ressaca da bruxaria, rituais e sacrifícios do mundo antigo, que deixam claro ser, sempre que lidas suas auras, energias, mãos e estruturas psicomorfológicas.

Vale lembrar como sempre faço que, antes de a Pangéia se dividir em 5 continentes eramos um mesmo pedaço de Terra que estavam encaixados e foram separados pela força da natureza, que com certeza e proporcionalmente geram traumas, que por vezes pordem seguir sendo arrastado no que tange os corpos emocionais e mentais dos corpos e mentes de ordem humana, impedindo assim o desenvolvimento da Alma e do Self.





O Documentário exibido aqui hoje é com legendas em castelhano. Para aqueles que não sabem; Ayurveda é o nome dado pelos sábios da Índia à ciência da vida e a arte de curar; 


DOCUMENTÁRIO - AYURVEDA - EL ARTE DE VIVIR


DOCUMENTÁRIO - AYURVEDA - EL ARTE DE VIVIR


Os dons de nosso corpo, mente e espírito possuem as mesmas importâncias e ao contrário da medicina ocidental que só trabalha sintomas, Ayurveda trabalha todos os complexos tanto físico quanto energéticos do ser humano e é na Índia, que grandes aristocratas Ingleses curam a si mesmo e a suas famílias, das doenças criadas pelo sistema Matrixiano que se intalou em nossa realidade desde muito tempo, mas que teve grandes avanços tecnológicos e espirituais desde a Era Vitoriana. 

No filme, faremos uma viagem de milhares de quilómetros por toda a Índia e outros países de forma única e poética, onde encontraremos importantes médicos ou simples aldeões que vivem em harmonia com a natureza e de acordo com os princípios de Ayurveda na era global da Internet e energia nuclear.


Paralelamente é o que nossa Casa Real Sagrada está fazendo com Violão e Voz para o Grande Público das Cidades onde passamos e consequentemente com a Medicina Anemosía Cuántica na medida em que fazemos Amigos e divulgamos nossos trabalhos de Ordem Médica, Terapêutica e Espiritual.





Cada Vez mais a história está apontando para um momento que iremos encontrar logo ali na frente que é a bifurcação entre conhecimentos e técnicas que não se relacionam no que tange a Noite Galáctica. 

Uma vez no cinturão fotônico, realidade como Ciência e Religião podem e devem fazer sentido juntas, pois ambas não detêm a verdade absoluta, são criações da mente humana, que dependem uma da outra para fazer sentido e por vezes fragmentam o sistema de crenças das pessoas de maneira que essas já não conseguem sequer criar interesse por seu processo de desenvolvimento nos níveis da criação que não são materiais nem terrenos.





Devido a dificuldade que por vezes é viajar se deslocando de um lugar para outro por Ar, Mar e Terra é possível que os próximos posts que faremos a seguir, se necessário sejam como esse; Informativo, curto e direto, divulgando filmes e documentários interessantes mais que escrevendo crÓnicas e artigos, na intenção de não faltar nem falhar, com nossa palavra no que tange fazer 04 posts ao Mês e tampouco não ter de estar horas escrevendo como sempre acontece, quando não estamos em missão especial, como nesse momento do mês de julho de 2016.




Os trabalhos de A.U.R.A como a Psicoterapia-remota, os mapas de registros akáshicos, suporte-e-assistência individual terapêutica, entre outras propostas a distância seguem sendo vendidos, agendados, praticados e entregues normalmente sem nenhuma alteração, graças ao Wifi.



Para facilitar nossas missões e viagens em breve criaremos ofertas e oportunidades assim como estaremos pedindo doações justamente para num futuro próximo, criar um programa de viagens, onde através desse blog e nosso canal no youtube, nossos leitores, amigos e clientes, possam também ter a opção de viajar conosco sem ter de sair de casa, ou ainda organizar sua própria viagem pelo planeta Terra, tendo Ruy Mendes e a Casa Real De Sírius como Anfitriões.



Aguardem o desabrochar de nossas novas e importantes ideias assim como a realização e concretização de antigos e novos projetos.

Espero que gostem do documentário divulgado aqui hoje e desde já agradeço a todos aqueles que tem feito doações financeiras, solicitado nossos serviços e facilitado a materialização de recursos para que nossos projetos de viagem e tratamentos, sigam sendo viabilizados. 

Muito obrigado de Verdade queridos Amigos e Amigas. 

Que Deus Abençoe a todos,
Namastê

Ruy mendes - Julho 2016

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Ink - Fascismo Espiritual e Realidade Corporativa em níveis 4D -



Saudações queridos amigos e amigas da Nave Terra. 


Hoje o nosso Blog vai divulgar mais um filme incrível que nos mostra como funciona em partes e até certo ponto a realidade 4D de ordem etérea e não material a qual a nossa realidade 3D está sujeita. 

O Texto, as fotos e a matéria abaixo, foi copiado na íntegra do Blog Cinegnose, do querido professor de semiótica e Maestro Universitário rescém demitido pelo governo golpista, Wilson Ferreira.




Uma espécie de organização fascista, os Incubus, habita o plano astral da humanidade, instigando pesadelos relacionados com humilhação e ressentimentos nos humanos no plano físico. Isso faz dois personagens, simultaneamente nos diferentes planos, serem consumidos pela vaidade e orgulho colocando em perigo a alma de uma criança raptada pelos Incubus. Ela será defendida por "Storytellers", guardiões dos bons sonhos. Esse é o filme independente "Ink" (2009) que revoluciona as tradicionais representações do cinema sobre as relações entre os mundos espiritual e físico. Fiel ao moderno hermetismo, o filme mostra a interpenetração entre os dois planos, com consequências que lembram a psicologia do nazi-fascismo tal como discutida por Alfred Adler e Erich Fromm.

Os mundos espirituais, etéricos ou sobrenaturais têm sido representados pelo cinema de três formas diferentes: 

(a) regiões da pós-morte ou quase morte ("twilight zone") habitada por mentores espirituais que nos ensinam grandes lições morais ou de onde olhamos a vida em perspectiva e extraímos lições eternas (“Amor Além da Vida”, “A Passagem” etc.); (b) região de onde provem fantasmas que nos assombram, espíritos vingativos que nos perseguem, entidades obsessoras que nos tentam ou, às vezes, o próprio demônio em pessoa que surge querendo dominar o gênero humano (“Poltergeist”, “Pesadelo em Elm Street” ou “O Advogado do Diabo”); (c) o “sobrenatural”, uma outra dimensão que, dadas certas condições, tangencia com o nosso mundo abrindo portais, criando enigmas metafísicos e fenômenos sobrenaturais (“Donnie Darko” ou as adaptações dos contos de Edgar Alan Poe).

Com o moderno hermetismo de Madame Blavatsky e Charles Leadbeater no século XIX o mundo espiritual começou a ser visto com uma outra dinâmica, como dimensões que se interpenetram e se influenciam mutuamente de tal maneira que a divisão entre “vivos” e “mortos” passou a ser meramente formal, como apenas “diferentes estados e agregação da matéria”. Essa visão concretiza-se nas descrições de André Luiz na obra “Nosso Lar”, psicografada por Chico Xavier na década de 1940, onde temos uma descrição do que ocorria no plano espiritual perto de eclodir a Segunda Guerra Mundial: “falanges obscuras do Umbral amontoam-se sobre a Europa impulsionando a mente humana para crimes”. A guerra travada em dois planos: o físico e o espiritual.

O filme independente “Ink” inova as tradicionais representações cinematográficas dos planos espirituais descritas acima ao criar uma narrativa fielmente próxima à visão do moderno hermetismo sobre os chamados “Planos Astrais”. Com uma instigante e complexa narrativa com flash-backs e flash-fowards consegue criar essa linha de continuidade e mútua influência entre “vivos” e “mortos” de tal maneira que o diretor e roteirista Jamin Winans vai tecendo como as motivações das ações humanas rebatem no Plano Astral criando futuros alternativos que influencia passado e presente simultaneamente.


Os Storytellers
Em outras palavras: o que fazemos no presente já teria ocorrido no Plano Astral (o “futuro” para nós), o que, em “looping”, vai nos influenciar no presente, a não ser que “quebremos” o círculo vicioso por meio do livre-arbítrio. Mas há falanges espirituais (os “Incubus” – referência às lendas medievais de demônios que agem à noite sugando energias vitais enquanto as pessoas dormem) que não querem isso, e lutam a todo custo para que o círculo vicioso seja mantido.

O filme começa com um argumento aparentemente clichê que lembra filmes como “Pesadelo em Elm Sreet”: Ink, o personagem título do filme, necessita entregar a alma de uma criança chamada Emma aos Incubus mediante o rapto dentro dos sonhos dela. Ink é um demônio, uma alma atormentada e humilhada, vestido de trapos e com um rosto horrivelmente deformado. Ele precisa cumprir esse trabalho para ascender na hierarquia do mundo espiritual chegando ao status dos Incubus onde terá uma melhor aparência, orgulho e poder.

Antes do rapto da alma de Emma, o espectador é introduzido aos seres que atuam nos nossos sonhos para nos proteger, para nos dar esperanças (Storytellers) e os que nos aterrorizam (os Incubus). A atuação destes no mundo etéreo causará efeitos no mundo terreno, podendo um ser humano morrer num pesadelo, entre outros efeitos.

Enquanto isso, uma equipe de salvamento prepara-se para resgatar Emma das garras dos Incubus, formada por Allel (a guardiã storyteller que está encarreguada de proteger Emma), Jacob um guia cego, capaz de sentir os ritmos e compassos do Mundo e das vidas dos seres humanos, e Liev uma poderosa storyteller que, ao tentar cumprir a missão de salvar Emma, acaba por cair nas mãos do demônio Ink.

O Fascismo Espiritual

O tema central do filme é a mútua influência do mundo espiritual e físico. Ao longo da narrativa percebemos a correspondência entre o pai de Emma, John, e o demônio atormentado Ink. Ambos, em cada plano, vivem situações instáveis onde lutam pela ascensão simbólica de poder.

Um dos Incubus
John trabalha no mercado financeiro e luta para fechar um negócio milionário que o fará poderoso e admirado por todos. Sua vaidade é uma forma de superar uma infância repleta de humilhações na família e na escola decorrentes da pobreza. A ambição pela ascensão profissional e as exigências decorrentes torna-o ausente da família. Sua filha Emma é hospitalizada em um estranho estado de coma (sua alma está sendo levada por Ink) o que faz John ficar em uma encruzilhada, entre largar um negócio milionário para ficar ao lado da filha ou concentrar todos os seus esforços para realizar uma transação financeira que o fará rico, poderoso e admirado por todos.

Ink, igualmente humilhado por sua pobre figura, luta para levar a alma de Emma aos líderes dos Incubus para merecer a promoção de status tão invejada.

Os Incubus são uma falange claramente de inspiração fascista. Acham-se uma raça superiora às imperfeições dos seres humanos (eles perderam a memória que também foram humanos no plano físico) e evitam serem contaminados pela humanidade. Por isso, trajam estranhas roupas de plástico e borracha e portam uma máscara/tela na frente do rosto onde são projetados os pesadelos humanos.

Se os Storytellers são os guardiões dos bons sonhos (amor, realizações, ideais etc.), ao contrário, os Incubus incentivam pesadelos relacionados com humilhação e ressentimento. Eles querem manter o fluxo de sentimentos que, no final, sustenta a sua organização fascitoide no Plano Astral. Esse “fluxo” poderia ser assim descrito: a humilhação leva a culpa e a culpa leva o homem à vergonha. Então, ele compensa a vergonha com orgulho e vaidade. Quando o orgulho falha, o desespero toma conta e tudo isso leva à destruição.

Essa é a condição tanto do pai ausente John quando a do pobre demônio Ink. O diretor Jamin Winans afirma que a batalha espiritual entre Storytellers e Incubus foi inspirada em uma citação que um dia ele leu: “Como os tiranos do mundo são iguais e quão maravilhosamente únicos são os santos!”.

Esse argumento que sustenta a narrativa do filme “Ink” nos faz lembrar toda a discussão sobre a psicologia do nazi-fascismo, empreendida pelos psicanalistas Erich Fromm (1900-1980) e Alfred Adler (1870-1937) na primeira metade do século XX. Adler, por exemplo, sustentava que a busca por perfeição do ser humano era uma compensação ao sentimento de inferioridade surgida dentro de um contexto social de crise socioeconômica como a experimentada no período entre guerras.

Fromm argumentava que esse “montante de frustração social” se coverteu em importante fonte para o nazi-fascismo: os ideais de pureza racial e perfeição, superioridade nacional e destruição sádica dos “inferiores” eram a compensação à impotência, ressentimento e isolamento.

Princípio da Correspondência

O filme “Ink” inova o campo da representação cinematográfica dos mundos espirituais por claramente se inspirar no esotérico “Princípio da Correspondência”, um dos princípios do Gnosticismo Hermético de Hermes Trimegisto (o primeiro a transmitir o conhecimento divino e celeste – Filosofia, Química e Cabala - por escrito na antiguidade): “O que está em cima é como está embaixo, e o que está em baixo é como está em cima”. É o princípio da Correspondência aplicado tanto na Astronomia na antiguidade como na Alquimia. Na verdade, um princípio hermético influenciado pela metafísica platônica (para Platão, o mundo percebido pelos sentidos é uma reprodução distorcida das formas puras existentes no mundo das Ideias).

Os Incubus, como “magos negros” no sentido dado pelas descrições nos mundos astrais por Leadbeater, são aqueles que manipulam o pensamento humano, forma poderosa e plástica por criar formas-pensamento nos planos etéricos, manipulados por essas organizações.

Como afirmou Jamis Winans “acredito que há coisas acontecendo em torno de nós que não somos capazes de ver, e acredito que há um monte de influências externas sobre o fluxo do mundo físico” (veja “An Interview with Jamis Winans” em Midnight Showing).

O filme foi exibido em alguns festivais e um número limitado de cinemas por ter uma distribuição independente. "Ink" passou a ter maior notoriedade quando foi colocado em sites de partilha de filmes, o que se revelou bastante positivo: acabou sendo criada uma autêntica rede de apoio ao filme com a compra do DVD, trilha sonora, camiseta e até doações de apoio ao projeto. Tudo isso encontra-se à venda no site que pertence ao próprio realizador do filme:  http://www.doubleedgefilms.com/

Ficha Técnica

  • Título: Ink
  • Diretor: Jamis Winans
  • Roteiro: Jamis Winans
  • Elenco: Christopher Soren Kelly, Quinn Hunchar e Jessica Duffy
  • Produção: Double Edge Films
  • Distribuição: independente
  • Ano: 2009




É isso queridos amigos e leitores do Nosso 

Blog Médico Animósico;



Esse é mais um filme imprescidível na vida de vocês para compreender os mecanismos da realidade extrafísica. Espero que assim como eu, assistam e também aprendam.

Um grande abraço a todos e até o próximo post,

Namastê

Ruy Mendes - julho 2016
Ocorreu um erro neste gadget

Visualizações de páginas da semana passada