sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Segredos do Vaticano - A Grande Loja de Lúcifer

Já foi dito em outras oportunidades aqui no blog que: "A mentira que controla o Atual Sistema e Escraviza a Raça Humana, é tão logísticamente bem feita, organizada e estruturada, que as pessoas duvidam que realmente exista, não conseguem crer, menos ainda compreender que seja possível sua existência e mantuenção por tanto tempo".

Tinha um colega que sempre dizia que: "Se você quer ocultar alguma coisa, não existe melhor maneira do que tornar ela o mais pública possível". Se você vê alguém na porta de um shopping center, "empurrando um piano" a última coisa que você vai pensar é que essa pessoa está "roubando".

É através de mentalidades como essa que as Elites de nosso planeta por detrás dos sistemas de governo e que compõem o Governo Oculto da Terra, avançam em suas agendas de domínio e como sempre digo e repito, conseguem fazer com que menos de 1 por cento das pessoas que habitam nosso planeta, governem e tenham poder sobre a vida e sobre a morte dos outros 99 por cento.

Nos últimos tempos, nos acostumamos (e parece que nos importamos cada vez menos) com notícias e informações sobre membros da Igreja Católica Romana, que são acusados de pedofília, pederastia e outras atividades sexuais bizarras e estranhas. Quase sempre deduzimos que essas atividades são "fatos isolados", feitos por algumas "maçãs podres da cesta", que seriam padres, sacerdotes e "coroinhas" com "desvios de comportamento" e personalidade, ou "problemas sexuais" que devido as energias reprimidas pelo "celibato", acabam "pecando" contra a castidade, a moral e os "bons costumes", (quase sempre com jovens adolescentes e crianças do MESMO SEXO). Porém quando se pesquisa a fundo tanto a história como as reais atividades desenvolvidas por esse sacerdote e as elites de tais instituições clero-aristocráticas, mais se evidencia e comprova que A grande "corporação" que se auto-denomina a "representante" de "Deus" na Terra está muito longe de ter a moral que propaga e uma vida íntima Ilibada.

Não é por acaso nem á toa que durante seus 2 mil anos e pouco de existência, essa Igreja Cristiana tratou de "endemonizar" a Nudez, Sustentar contradições em inverdades biológicas em nome de "pseudo-espiritualidade" ou "salvação" assim como adulterar os registros da história a seu favor para criar a pseudo-realidade na qual vivemos. Não é por acaso que as vestimentas tanto do Papa como de seus Bispos, Cardeais e etc, cobrem todo o corpo e em algumas ocasiões estão repletas de simbologia oculta. Não é sem motivo que eles pregam a necessidade de "confissão de pecados" e "necessidade de penitência" entre outra formas de humilhação através de dogmas, jamais questionados pelos praticantes dessas religiões. 

Por detrás da boa intenção daqueles que se tornam membros e trabalhadores da Igreja com sede de ajudar os "oprimidos" do mundo, existe uma cúpula de seres inatangíveis que habitam os castelos e mansões dos feudos conquistados e regados a sangue humano pelo mundo, com a central matriz naquele que é um dos menores países que se tem notícia no mundo, conhecido como Vaticano.

Depois da queda, fragmentação e declínio do Império Romano, a humanidade foi lançada em um período denso e obscuro tanto do ponto de vista energético como do ponto de vista intelectual, período esse conhecido como "Idade Média". Um dos eventos que marca o Ínicio dessa nova sociedade é o fim dos Imperadores conhecidos como "Cézares", a fragmentação do império, as invasões bárbaras, o fim das sociedades em moldes "republicanos", a ruralização do quotidiano e esvaziamento das grandes cidades e o Início de uma hegemonia religiosa representada pelo "cristianismo". Essa hegemonia dava total poder aos membros daquela que agora era a Igreja Oficial do Império sobre as questões espirituais humanas, e deixava as questões terrenais e temporais nas mãos dos imperdadores que depois se dissolveram em Linhagens Reais Monarquicas, principados e etc.

Não é novidade nem polêmica que durante o Império Helênico e Romano (Greco-Romano) haviam os "Efebos" e os "Sofistas". 

Os Efebos eram crianças pequenas ou adolescentes, que eram utilizados para saciar as taras e os prazeres sexuais dos membros da côrte, do clero e da elite grega e depois romana. Os sofistas, eram perspicazes filósofos que eram contratados pelas famílias da aristocracia ou por quem podia pagá-los, para que seus filhos fossem iniciados e educados nas Artes, nas Ciências e em todos os "campos de conhecimento". Era aceito por todos na sociedade dessa época que a iniciação sexual das crianças em uma idade precoce, fosse estimulada por seus mestres, mentores e professores e aqueles que melhor aprendiam, eram elegidos para serem os "efebos" que enfim eram "escravinhos" sexuais de luxo.

Com a decadência do império, a transformação da sociedade, o advento do feudalismo entre outros motivos que submergiram as pessoas em um período de "trevas", "medos" e desconhecimentos, outra sociedade, com outros costumes baseados nos ensinamentos de "Jesus Cristo" e da "Igreja", começou a ser desenhada e tudo aquilo que dizia respeito a sexualidade e desenvolvimento do intelecto e busca pelo conhecimento passou a ser rechaçado, combatido, depreciado ou rotulado como "herege". Porém nas altas esferas da pirâmide social onde está essas Elites de todos os tempos, vários costumes se mantiveram e passaram de geração em geração e assim acontece até hoje.

Em Babilônia, onde nasceu as primeiras bases da Igreja Católica que temos hoje, era normal as pessoas adorarem vários Deuses de diferentes religiões. Entre esses "deuses adorados", haviam seres do infra mundo que eram idolatrados e projetados em esculturas que tinham corpos de humanos com cabeça de animal e outras formas de tótem onde as pessoas representavam "Deus" e diante dele se prostrávam (Baal, Toth, Belzebu, Basphomet, Ishtar, Moloch, entre centenas de outros semi deuses adorados pelas elites desde essa época até os dias de hoje). Segundo os costumes da época e de algumas dessas seitas religiosas, os deuses pediam "sacrifícios" aos homens para poderem "abençoá-los" (da mesma maneira que os pastores de hoje pedem as pessoas que sacrifiquem suas necessidades para fazer sempre uma "boa doação" em dinheiro para a igreja). 

Esses sacrifícios aconteciam de diferentes maneiras. Podiam ser sacríficios Humanos, ou de animais mas quase sempre havia um RITUAL que deveria ser seguido de maneira impecável para que os "Deuses" pudessem ser agradados. Na cultura Celta e druídica era normal que os pais de uma família, sacrificassem seus primogênitos aos Deuses assim que nasciam, para depois então formar uma família através dos outros filhos que teriam e esses serem "abençoados". Aos que conhecem o velho testamento ou cursaram o "catecismo", tenho certeza de que se lembram do anjo que diz a Abraão para "sacrificar" (assassinar) seu filho em sinal de fidelidade a Nova Aliança com "deus" e na última hora é impedido pelo "Arcanjo Miguel".

O "celibato" não faz parte da orígem da Igreja católica. Ele foi instituido por volta do século IV como forma de proteger os sacerdotes e a igreja de futuramente ter de dividir suas riquezas e suas terras com as centenas de milhares de filhos bastardos que faziam esses sacerdotes nas mulheres que participavam das faraônicas orgias sexuais que realizavam, como forma de perpetuar as heranças culturais do antigo império greco-romano. Uma vez que a mentalidade proibicionista e dogmática somada ao medo impresso nos campos psíquicos da raça humana desde a idade média culminando na Inquisição católica foi dominando a vida das pessoas e os diferentes setores da existência, diversas sociedades secretas foram sendo formadas no seio das igrejas para que esses rituais pudessem ser mantidos e assim continuar existindo e sendo praticado longe do conhecimento público.



A evolução é algo que não pode ser evitada, ainda que possa ser retardada. Se hoje evoluímos de maneira a não aceitar mais a existência de um coliseo e eventos mortíferos como conceito de "ócio" e "divertimento", a energia por esse gerada, foi aos poucos sendo substituída pelas corridas de Bigas e cavalos, os jogos olímpicos que honrravam os "deuses" e hoje em dia também evoluiu e se tornou um pouco mais refinada e é obitda através das competições esportivas, grandes estádios com pessoas reunidas "sofrendo" e ou "vibrando" (gerando energia) pelo seu "time", atleta ou seu "artista favorito".

Se hoje nosso intelecto permite a alguns de nós compreender a diferenças entre Mitos e Verdades, isso não é garantia de que saibamos o que realmente acontece por detrás das portas dessas instituições.





E o que hoje sabemos através de centenas de diferentes fontes de informação, a respeito do que realmente acontece atrás das portas do vaticano é bem diferente do que "pregam" seus membros e esperam que façam os seus fiéis. Todo o Luxo e Pompa em que vivem os membros dessa Igreja decorada com todo o ouro saqueado de todos os povos do planeta terra durante sua emergente história, bastaria como contradição visível para que qualquer pessoa em sã consciência não tivesse o desejo de com eles "comungar" ou ir até "deus".

Muito além do que pode sonhar a nossa imaginação e graças ao depoimento de ex sacerdotes, ex vítimas de pedofília entre outras centenas de sobreviventes que "abriram a boca", hoje sabemos que a cúpula da Igreja católica romana não é exatamente um exemplo de "cristianismo" e pior do que isso é ela própria sustentadoras de diferentes facções de sacerdotes que praticam Voodoo, magia negra, pedofilía, sacrifício de crianças e animais, sacrifícios de seres humanos em rituais que são cumpridos nos mínimos detalhes de maneira idêntica ao que acontecia nos tempos de Ouro de Babilônia, Egito, Grécia e Roma. Em verdade as coisas mudaram bem pouco na ponta da pirâmide dessas elites e instituições desde 6 mil anos para cá. Os membros ativos dessas igrejas muitas vezes sabem disso e simplesmente fecham os olhos, toleram como quem "perdoa".

Eles continuam nos vendo como massa de manobra ou "gado humano" enquanto cada vez menos pessoas entre nós, quer fazer parte da base de sustentação social pirâmidal criada e mantida por eles as custas de nossos medos e CRENÇAS. Não fosse o poder dos dogmas, que nos impedem de questionar e fazer perguntas correndo o risco de "excomunhão", possívelmente hoje em dia já não precisaríamos de "religiões" para compreender Deus.

O desaparecimento de crianças e pessoas, que em determinadas épocas se tornam como uma epidemia viral, com direito a publicidade em caixas de leite e campanhas em novelas é parte visceral dessa conspiração que existe dentro da Igreja Católica.

Hoje o poder através da religão, está dissolvido entre as Corporações Neo-Evangélicas, que herdaram o rebanho de "ovelhas desgarradas" perdido pela Igreja Católica Romana devida as colossais patifarias, contradições e mentiras sustentadas (sem contar os genocídios). Porém ambas e todas ainda usam como "documento" de prova a respeito de suas verdades a Bíblia com o "Velho" e o "Novo" Testamento e suas infinitas interpretações. Um livro que ao longo do tempo foi mais que traduzido, adulterado, onde dentro diversas histórias que incluem incesto e pedofilia, são interpretadas e aceitas como a "palavra de deus".

Cada vez mais pessoas estão surgindo, ainda que sem a devida atenção das grandes mídias, nos dando detalhes escaborsos do que acontece a nível ritualístico no seio e nas Elites dessas grandes instituições. É interessante que as mesmas coisas que revelamos aqui que acontecem com os "papas" e "bispos", também acontece com os representantes de outras religiões. Não faz muito tempo, centenas de pessoas que eram membros de um centro de hare-krishnas começaram a delatar e falar sobre anos de abuso sexual dentro da Seita e da maneira sutil que esses começavam e enfim aconteciam. Já abordamos aqui no blog a Pessoa de Sai Baba tido por muito como um "Semi-Deus", mas que quando pesquisado se revela um verdadeiro doente mental. Até mesmo na filosofia artística medicinal do Yoga, volta e meia surgem "mestres" ou filhos de mestres, que com o tempo e a intimidade vão se tornando ASSEDIADORES de seus "alunos" e seguidores e através de chantagem emocional e lavagem cerebral são capazes de conseguir desses o que querem.

Levando-se em consideração os trabalhos que são necessários para que os indivíduos da grande massa evoluam e a maneira respeitosa que os Gnósticos tem quando se referem ao anjo Lúcifer, levando-se em consideração a visão do ocultismo a respeito do verdadeiro trabalho desse Anjo Caído e todas as alterações e falsificações que sofreram os distintos textos sagrados para atender as vontades e pretensões históricas da Igreja Católica Cristiana Paulinista, que é a que impera ainda hoje, considero, que a demência dos senhores clérigos da Igreja católica atual, que desde a Era Babilônica insiste em ser a mesma, deve surpreender até mesmo essas entidades astrais mal reconhecidas e mal interpretadas numa visão maniqueísta e pouco holística da realidade e da história.

Até a Próxima Amiguinhos!!!
Vale lembrar que o irmão do Atual Papa Joseph Hatzinger ou Bento XVI, foi comprovado como pedófilo sem que esse tomasse nenhuma providência e desastrosamente desse delcarações na impensa justificando a existência da pedofilia nos tempos antigos, dando a entender que a sociedade de hoje é que é pouco compreensiva e que tudo isso é "normal".


Por detrás dessas denúncias sobre pedofilías que surgem aqui e ali, se pode tecer uma teia conectando os pontos que nos permitem encontrar os rituais secretos e sagrados que vem acontecendo desde a queda de Babilônia até os nossos dias. Através do medo da morte, da coação, da promoção da mentalidade de grupo e rebanho pregado por essas estruturas religiosas, pouco a pouco os indivíduos vão se anulando e deixando que essas estruturas as dominem.

Ao mesmo tempo surge uma luz no Fim do túnel quando vemos que a cada ano o número de denúncias a respeito da pedofília nas igrejas, aumenta.

Talvez eu e você que está lendo não iremos estar vivos ou nesses planos para ver, mas se aproxima o dia e a Era em que nosso planeta e nossa raça humana, existirá sem religiões e sem Monarquias.

"Conheçam a Verdade e Ela Vos fará Livre".

Que Deus Abeçoe a Todos

Namastê

Ruy Mendes - Novembro 2012

3 comentários:

  1. Caro Rui,
    A igreja católica é a mais formidável arma judaica, vamos aos fatos:
    Essa imundicie é aquela que obriga a todos seguirem as vontades de yawéh, pois seguindo a agenda de cristo faz-se exatamente o que é necessário para alavancar os judeus e a agenda "toráhlica" (aquela que tora o rabo do gentio).
    Para os cristãos (católicos) o reino dos céus, e para os judeus o reino da terra, para os gentios a oferta da carcaça em redenção masoquista na expiação, e para os judeus, reino na Terra e com o massacre inconteste de todos os outros povos. Uma religião é o contraponto da outra.
    Divindade só pode ser feminina, pois só fêmea gera, aliás, o macho é uma mutagenia da fêmea.
    O erro é intrínseco à própria escolha da divindade.
    Em nome do pai (cadê a mãe?) do filho (cadê a filha? e do espirito santo (cade a santissima?) essa desgraça junto com a agenda mosaica destruiram a humanidade, graças a deus!!!
    E ainda tem quem agradeça a esse troço...

    ResponderExcluir
  2. Quero saber mais , sobre o assunto.

    ResponderExcluir

Obrigado Pelo Seu Comentário

Share it

Visualizações de páginas da semana passada